Educação a distancia ou EAD, qual a diferença?

Educação a distância às vezes é apresentada pela sigla de EAD nesse caso existe alguma diferença entre os dois casos apenas uma forma simplificada de representar a outra parte?

» Página Inicial

A expressão educação a distância e a sigla EAD fazem referência a mesma coisa e portanto não há nenhuma diferença entre os dois a não ser uma forma de apresentação apenas que nesse caso deve ser entendido da seguinte forma: Quando usado como educação a distância é a forma por extenso do nome da modalidade de ensino em que o aluno não precisa necessariamente estar numa sala de aula para frequentar curso, podendo estudar à distância através da internet outros recursos que permitam conectado a instituição pelo qual ele está estudando.

Já a sigla EAD também se refere a mesma coisa mas de uma forma simplificada. A sigla de educação a distância que é muito usada quando o autor de um texto pretende apresentar a modalidade de maneira simplificada como é comum para outros itens em que torna se mais simples do uso da sigla do que a expressão completa.

Portanto a forma completa como a sigla faz referência a mesma coisa se deve ser entendido basicamente levando em consideração a explicação acima, você, apenas como um recurso de facilitar a comunicação de um termo.

Sobre a educação a distância

É a modalidade de educação que embora não seja necessariamente nova, foi nos últimos anos que ganhou força com a entrada em massa das grandes universidades brasileiras na oferta de cursos superiores a distância e com isso o número de adeptos aumentou muito e tende a crescer mais ainda. No caso dos cursos superiores, normalmente o aluno vai até um polo de educação a distância uma vez por semana para fazer as atividades presenciais e o restante é feito por meio da internet e outros recursos, com isso o modelo é na verdade semipresencial, uma vez que parte é feito a distância e parte é feito presncialmente.

Os cursos a distância tem o mesmo valor dos presenciais?

Neste vídeo que está no Youtube, o coordenador do E-learning da Fipecafi, Edgard Cornachione, responde esta pergunta e esclarece de forma bastante clara a questão do indivíduo que estudou na educação a distância em relação ao mercado de trabalho, fazendo inclusive uma comparação com o cenário americano onde o modelo EAD é muito mais difundido do que aqui no Brasil.

 


 
Veja também: